As 13 Doenças Mais Temidas Pelas Mulheres | Dicas de Saúde
12/02/2023

Um estilo de vida saudável é muito importante para prevenir doenças, mas nem sempre é fácil fazer uma alimentação equilibrada e praticar exercício físico, pois há que conciliar isto com o trabalho, a casa e a família.

Como já referimos, a mulher preocupa-se mais com a saúde, por isso, Então confira As 13 Doenças Mais Temidas Pelas Mulheres.

Ovário Policístico: É um problema hormonal que afeta as mulheres em idade reprodutiva. Os principais sintomas são: uma irregular, elevados níveis de testosterona e pequenos quistos nos ovários. Se não for tratada, esta doença pode levar à infertilidade. Agora já sabe quais as doenças que mais afetam as mulheres e como preveni-las. Se tem algum destes sintomas, procure seu médico para fazer exames de despiste.

Corrimento Vaginite: Quando existe uma infeção vaginal existe um corrimento com odor desagradável, também chamado de vaginite. Este pode ser evitado se usar roupa interior de algodão, evitar o uso de antibiótico, praticar uma higiene intima adequada, fizer uma alimentação equilibrada e for no ginecologista periodicamente.

Depressão: A doença do século XXI afeta 350 milhões de pessoas em todo o mundo, principalmente mulheres. Alterações hormonais podem estar na origem desta doença que provoca crises de choro, desinteresse pelo mundo em redor e levar ao suicídio.

Alzheimer: Uma doença degenerativa e progressiva que afeta o cérebro e provoca demência em pacientes idosos, até levar à morte. Ainda não existe cura para a doença, o que pode ser um problema grave a nível mundial, pois especula-se que em 2050 existirão 115 milhões de pessoas com em todo o mundo.

Vaginose Bacteriana: Como o próprio nome indica, é causada por uma bactéria que existe naturalmente no organismo, mas sofre alterações quando há um desequilíbrio da flora vaginal, que aumenta o número destes micro-organismos na vagina. A Vaginose Bacteriana se tornou uma das principais Doenças Mais Temidas Pelas Mulheres porque ela seCaracteriza-se por um forte odor e corrimento vaginal. Utilizar preservativo nas relações sexuais e fazer uma higiene adequada podem prevenir a doença.

Osteoporose: Com o inicio da menopausa, as mulheres sofrem com a falta de cálcio no organismo, o que causa osteoporose. É algo muito comum nas mulheres que afeta 3 em cada 4 pessoas do sexo feminino. O sedentarismo, álcool, tabaco e uma alimentação incorreta agravam o problema.

Infeção urinária: Quando a região íntima sofre uma queda de estrogênio e micro-organismo, fica mais suscetível ao aparecimento de infeções. Cerca de 90% das mulheres têm infeção urinária, durante a idade reprodutiva.

Câncer do colo do útero: Este problema esta associado à menopausa, pois é mais comum em mulheres com idade entre os 50 e os 60 anos. É o quarto tipo de mais comum nas mulheres e os sintomas não surgem imediatamente. Se não houver exames que comprovem o diagnóstico, a doença leva entre 10 a 20 anos para se desenvolver.

Candidíase: É uma doença genital, embora não esteja associada a relações sexuais. Caracteriza-se por um corrimento vaginal, esbranquiçado e espesso, originado por uma infeção na zona genital. Estudos indicam que 75% das mulheres têm este problema. 

Mioma: Trata-se de um tumor benigno que surge no útero, sem causa aparente, e que pode permanecer nele durante anos, sofrendo alterações repentinas. Os principais sintomas são: menstruação por demasiados dias, com grande fluxo de sangue, anemia, perda de sangue sem estar com a menstruação e dores. Não se sabe o que causa esta doença, mas ela é mais comum em mulheres negras e obesas.

Papiloma Vírus Humano: É uma doença sexualmente transmissível, que provoca problemas de pele, infeções genitais ou do colo do útero. Existem mais de 100 tipos desta doença e o melhor tratamento é mesmo a prevenção, por isso, proteja-se quando tiver relações sexuais.

Câncer da mama: O da mama é um tumor maligno que afeta, maioritariamente, as mulheres. Quando as células se desenvolvem muito rápido, surgem pequenos nódulos no peito, que precisam de tratamento imediato. Este é o tipo de tumor mais mortífero, mas os tratamentos têm evoluído e 85% das mulheres com da mama conseguem recuperar.

Endometriose:O tecido que cobre a parte interna do útero começa a descamar, acabando por sair da cavidade uterina e se instalando no peritônio ou ovários. Isto causa fortes dores menstruais, diarreia, dores nas relações sexuais, infertilidade, entre outros problemas. E não são conhecidas as causas da doença, por isso, não à como prevenir.

"A Força do Não": Como Ludmilla Quebrou Barreiras até o Palco do Coachella... Ver mais!
23/04/2024
Beyoncé Surpreende e Apresenta Ludmilla no Coachella: O Momento Épico... Ver mais!
23/04/2024
Pão Caseiro que não precisa sovar: Receitinha prática e muito saborosa!
23/04/2024
Carla Perez se envolve na polêmica de Davi e manda o melhor dos recados para Mani Reggo: ‘tenha cuidado’
23/04/2024
Davi passa mais de 3 horas trancado em quarto com Alane e ela deixa local antes de amanhecer, diz colunista
23/04/2024
Docinho Pé de Anjo
23/04/2024
Sonia Abrão exibe foto do primeiro neto: 'Saindo da maternidade'
23/04/2024
Menino Desiludido
23/04/2024
Ludmilla Contra-Ataca: Verdade Por Trás das Acusações de Intolerância Religiosa Revelada... Ver mais!
23/04/2024
5 dicas ARRASADORAS para limpar panela queimada/amarelada
23/04/2024