Cientistas revivem vírus 66 zumbi” que passou 48.500 anos congelado no permafrost
09/03/2023

Temperaturas mais altas no Ártico estão descongelando o permafrost da região - uma camada congelada de solo abaixo do chão- e potencialmente ativando vírus que, depois de permanecerem inativos por dezenas de milhares de anos, podem colocar em risco a saúde animal e humana.

Enquanto uma pandemia desencadeada por uma doença do passado distante soa como o enredo de um filme de ficção científica, os cientistas alertam que os riscos, embora baixos, são subestimados. Residuos químicos e radioativos que remontam à Guerra Fria, que têm o potencial de prejudicar a vida selvagem e perturbar os ecossistemas, também podem ser liberados durante o degelo.

"Há muita coisa acontecendo com o permafrost que é preocupante e realmente mostra por que é super importante mantermos o máximo possível do permafrost congelado", disse Kimberley Miner, cientista do clima no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, no Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena, Califórnia.

O permafrost cobre um quinto do hemisfério norte, tendo sustentado a tundra ártica e as florestas boreais do Alasca, Canadá e Rússia por milênios.

Ele serve como uma espécie de cápsula do tempo, preservando além de vírus antigos os restos mumificados de vários animais extintos que os cientistas conseguiram desenterrar e estudar nos últimos anos, incluindo dois filhotes de leão das cavernas e um rinoceronte lanudo.

A razão pela qual o permafrost é um bom meio de armazenamento não é apenas porque é frio; é um ambiente livre de oxigênio que a luz não penetra. Mas as temperaturas atuais do Ártico estão esquentando até quatro vezes mais rápido do que no resto do planeta, enfraquecendo a camada superior do permafrost na região.

Para entender melhor os riscos representados por vírus congelados, Jean-Michel Claverie, professor emérito de medicina e genômica na Escola de Medicina da Universidade Aix-Marseille em Marselha, França, testou amostras de terra retiradas do permafrost siberiano para ver se alguma partícula viral contidos nele ainda são infecciosos.

Ele está em busca do que descreve como

"vírus zumbi" - e encontrou alguns.

Batata doce no Caramelo: Receita fácil de fazer e super deliciosa
03/03/2024
Pelotinho de chocolate, esse doce foi o maior sucesso na páscoa passada, vou fazer nessa novamente!
03/03/2024
Bolo Mole de Liquidificador
03/03/2024
Pelotinho de chocolate, esse doce foi o maior sucesso na páscoa passada, vou fazer nessa novamente
03/03/2024
‘BBB 24’: Após flerte, esposa de Lucas joga fotos no lixo e sugere fim do casamento
03/03/2024
O doce baratinho que supera QUALQUER ovo de Páscoa, todo ano eu faço no Domingo de Páscoa pra família inteira e eles amam demais
03/03/2024
BBB24: após expulsão, Fernanda sugere que todo mundo aperte o botão e acabe com o programa da Globo
03/03/2024
Vídeo – Davi atende Big Fone, e Leidy Elin recebe resposta que não queria: ‘pode voltar’
03/03/2024
Boninho explica atitude que caracteriza expulsão no BBB: ‘Não pode’
03/03/2024
Jojo Todynho fala pela primeira vez sobre o fim de sua amizade com Anitta
03/03/2024